Mobilização do dia 24 é assunto em Assembleia Geral no Fonacate

Notícias

Mobilização do dia 24 é assunto em Assembleia Geral no Fonacate

“Precisamos repaginar a luta contra a reforma”. Foi com essa fala que o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques iniciou a Assembleia Geral do dia 09 de março que discorreu sobre a PEC 287/2016.

O trabalho de luta contra a reforma da previdência, será intensificada nos próximos dias e principalmente no dia 24 de maio em que ocorrerá em Brasília uma mobilização. Esta, será organizada pelas centrais sindicais e outras entidades representativas dos servidores públicos e da sociedade civil.

Além da mobilização, haverá esforços no Congresso Nacional a fim de derrubar a PEC no Plenário. A defesa das 10 emendas apresentadas e os destaques de interesse do servidor serão reforçadas. “Há como trabalharmos para rebater os destaques. Vemos a possibilidade de recuo por parte do governo”, afirmou o presidente da Federação Nacional dos Auditores e Fiscais de Tributos Municipais (Fenafim), Carlos Cardoso Filho.

O presidente Lucas Benevides demonstrou preocupação com o regime geral. “Há preocupação com os mais vulneráveis por grande parte dos pesquisadores do Ipea e devemos trabalhar nesta questão também”, afirmou Lucas. “O trabalho no Congresso por essas camadas sociais é fundamental”, completou.

Além da abordagem nos estados e municípios, uma nova reação de mídia virá por parte do Fonacate. Além dos vídeos já divulgados na TV por assinatura e nas mídias sociais, uma nova campanha contra a reforma será divulgada na intenção de dialogar na linguagem das centrais sindicais, com menos termos técnicos para facilitar o entendimento.

Nova afiliação e despedida

O presidente Lucas Benevides aproveitou o espaço ao início da AGE para agradecer ao Fonacate pelo tempo de trabalho e luta e foi exaltado pelo presidente Rudinei Marques. “Agradecemos a você, Lucas, por todo trabalho feito e principalmente o empenho nas 10 emendas que hoje estão em discussão”. Alexandre Cunha vai suceder a Lucas Benevides à frente da Afipea e Afipea-Sindical durante o biênio 2017-2019. Também o sucederá como 1º Vice-Presidente do Fonacate, que está a cargo da Afipea até o final de 2018.

Com o objetivo de promover uma transição colaborativa e harmoniosa, o presidente Lucas convidou o presidente eleito, que se fez presente, junto a dois diretores, Roberto Gonzalez e Joana Mostafa.

Os membros do Conselho Deliberativo aprovaram ainda na reunião o retorno da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP) ao grupo de entidades filiadas. Anadep, que foi uma das entidades fundadoras do Fonacate, retorna sob a liderança de Antonio José Maffezoli Leite, atual presidente. Segundo Antonio, o retorno ao Fonacate é fundamental.