Do Espaço à Terra: pesquisas e tecnologias espaciais em benefício da sociedade

Notícias

Do Espaço à Terra: pesquisas e tecnologias espaciais em benefício da sociedade

A continuidade e ampliação das atividades espaciais dependem de um decisivo apoio governamental, tal como ocorre em países desenvolvidos. Somente desta forma é possível garantir que a ciência, tecnologia e inovação, produzidas em instituições como o INPE, possam enfrentar e superar os desafios impostos ao país, sejam associados a paradigmas tecnológicos, às ameaças de sistemas produtivos predatórios ao meio ambiente e aos diferentes povos, etnias e populações, principalmente aqueles em condições socioeconômicas desfavoráveis.

É esta a posição apresentada no artigo artigo “Do Espaço à Terra: pesquisas e tecnologias espaciais em benefício da sociedade“, assinado pelo Sindicato Nacional dos Servidores na Área de Ciência e Tecnologia (Setor Aeroespacial) e mostra a relevância do investimento na área. “O governo deve apoiar, sobretudo, uma ciência que esteja alinhada ao desenvolvimento ambientalmente sustentável e à promoção do bem-estar de toda população brasileira e mundial”, afirma a publicação.

Clique aqui para acessar o artigo Do Espaço à Terra: pesquisas e tecnologias espaciais em benefício da sociedade.

O texto faz parte da série Desmonte do Estado e Subdesenvolvimento: Riscos e desafios para as organizações e as políticas públicas federais, desenvolvida pela Afipea em parceria com a ARCA – Articulação Nacional das Carreiras para o Desenvolvimento Sustentável.