Afipea-Sindical: pedido de registro sindical é deferido

Notícias

Afipea-Sindical: pedido de registro sindical é deferido

Com a publicação no Diário Oficial da União a Afipea torna-se oficialmente um sindicato usufruindo de todos os direitos e deveres legitimados 

Na última quarta-feira (30/11) o pedido de registro sindical da Afipea foi finalmente deferido. O ato foi publicado no Diário Oficial, com isso, foi consolidada a criação do Sindicato Nacional dos Servidores do Ipea, Afipea-Sindical, Entidade dotada de direitos e deveres na defesa da carreira dos servidores do Instituto.

O presidente da Afipea-Sindical, Lucas Benevides, anunciou a fundação do Sindicato durante a Festa de Confraternização, realizada nesta sexta (2/12), aproveitando o momento que reuniu diversos afiliados. Benevides fez um discurso lembrando de como foi longa a caminhada para cumprir os requisitos exigidos pelo Ministério do Trabalho. Ao lado do atual presidente, Maurício Galinkin, Fabio Sá e Fabio Schiavinatto representaram todos os ex-presidentes que trabalharam pela conquista. A notícia foi mais um motivo de comemoração entre os associados que brindaram o avanço.

Expectativas e perspectivas
O presidente Lucas Benevides foi enfático ao dizer que a partir de agora, com o deferimento do Sindicato, um novo tempo de lutas e conquistas é iniciado. “O registro da Afipea-Sindical nos traz a legitimidade para ser a única entidade que representa os servidores do Ipea, o que nos dá forças nas negociações de acordos salariais, processos judiciais e demais negociações com as autoridades administrativas e judiciárias”.

Em 2011, na gestão de Maurício Galinkin foi dado início aos trabalhos do pedido de registro Sindical. Foi neste período que o Estatuto do Sindicato foi criado, de acordo com os requisitos da lei. Galinkin afirmou que a partir de agora as perspectivas são as melhores para a Afipea-Sindical. “Mudamos de patamar em termos de representatividade, o sindicato representa toda a categoria diante das esferas da administração pública. Sem dúvidas as expectativas são as melhores”, disse ele.

O ex-presidente Fabio Schivianatto também comemorou o deferimento do Sindicato. “É uma decisão histórica! A conquista amplia significativamente a representatividade da Afipea junto à categoria. Também é importante para assegurar à Entidade uma série de direitos que advirão, das prováveis alterações nas leis que regem as relações de trabalho no âmbito da Administração Pública e passa por intensa discussão no Congresso Nacional, tendo como referência a Convenção 151 da OIT, da qual o Brasil é signatário e por isso precisa regulamentá-lo.”