Afipea articula defesa do Ipea no Congresso Nacional

Notícias

Afipea articula defesa do Ipea no Congresso Nacional

A proposta de desmembrar o Ipea, incluída na tramitação da Medida Provisória 821/2018, é foco do trabalho diário da diretoria da Afipea no Congresso Nacional.

Diariamente, deputados tanto da base aliada do governo quando da oposição tem recebido uma comissão responsável por explicar todos os argumentos em defesa do Ipea.

“Todas as bancadas expressaram apoio ao nosso pleito, quase sempre citando a importância e a confiabilidade dos estudos produzidos pelo Ipea. Três bancadas (DEM, PSD e PT) se dispuseram a apresentar destaques para a supressão do parágrafo único que dispõe sobre o desmembramento do Ipea”, afirma o presidente interino da Afipea, Roberto Gonzalez.

Diretores da Afipea e assessores parlamentares levam argumentos dos servidores aos parlamentares

A proposta incluída na Medida Provisória 821/2018 envolve retirar 175 servidores do Ipea, que hoje já funciona com apenas 236 dos seus 648 cargos ocupados. O Instituto também iria perder recursos financeiros e patrimoniais.

A expectativa é de que a votação aconteça na próxima terça-feira (12 de junho). Apesar do apoio demonstrado pelas bancadas, a Afipea convoca uma mobilização dos servidores do Ipea na entrada do Anexo 2 da Câmara dos Deputados a partir das 16 horas.

Leia a nota da Afipea sobre a MP 821/2018.