Manifestação rejeita propostas do Governo - Afipea-Sindical

Notícias

Manifestação aconteceu no Dia Nacional de Protesto

Manifestação rejeita propostas do Governo

Servidores do IPEA aderiram hoje ao “Dia Nacional de Protesto”. Em Brasília, a manifestação aconteceu em frente ao Ministério do Planejamento e reuniu entidades ligadas ao Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (FONACATE). A participação da categoria havia sido aprovada por unanimidade na Assembleia Geral Extraordinária da Afipea na última segunda-feira (28/8).

Dia Nacional de Protesto

Dia Nacional de Protesto

“O governo tem colocado o servidor público e o funcionário da iniciativa privada como os grandes culpados da situação econômica do País e, enquanto isso, tem dado benesse aos grandes empresários. Tem perdoado dívidas previdenciárias enquanto coloca uma reforma da previdência que só prejudica nós, trabalhadores”, afirmou o Presidente em exercício da Afipea, Almir de Oliveira Júnior.

A manifestação foi contrária a propostas do Governo Federal como o Plano de Demissão Voluntária de servidores, o adiamento de reajuste e a reforma da previdência. “Estamos aqui unidos para dizer não a esses posicionamentos que o governo tem colocado”, completou.

No final da manhã, servidores das categorias representadas participaram de uma reunião no Ministério do Planejamento. Contudo, não houve a apresentação de novas propostas.

Discurso de Roberto Gonzalez

Discurso de Roberto Gonzalez

Para o Secretário Executivo da Afipea, Roberto Gonzalez, o “Dia Nacional de Protesto” tem uma importância que vai além do momento atual. “É o futuro. O futuro não apenas nosso e dos nossos empregos. Mas o futuro de um patrimônio construído no Brasil ao longo de décadas”, disse em seu discurso no carro de som.