Afipea trabalha para acelerar ação da GCG - Afipea

Notícias

Ações jurídicas da Afipea em defesa dos servidores do Ipea

Afipea trabalha para acelerar ação da GCG

A Afipea busca avançar a tramitação da ação referente à Gratificação do Ciclo de Gestão (GCG). Nesta terça-feira (21 de fevereiro), o presidente da Afipea teve uma audiência com o Vice-Presidente do Tribunal Regional Federal da 1° Região, Desembargador  Ítalo Fioravanti Sabo Mendes. Foi a primeira vez que esse tipo de medida foi tomada em prol dos beneficiários da ação.

O principal ponto da audiência foi ressaltar o dano social causado pela demora da causa. Um total de 56 associados à Afipea já faleceram sem poder receber a reparação judicial esperada. Outros 401 associados à Afipea com direito a receberem valores referentes à GCG já estão com mais de 65 anos.

A ação foi iniciada há 18 anos e, em 2008, uma década atrás, a justiça decidiu favoravelmente aos servidores.  Mas até hoje uma série de instrumentos jurídicos têm atrapalhado o recebimento das indenizações.

A situação foi explicada ao Desembargador, que prometeu se empenhar no acompanhamento do processo.

O encontro foi intermediado pelo novo escritório de advocacia contratado pela Afipea em dezembro, o Fonseca de Melo & Britto Advogados.